Economia Solidária – projeto INCUPES

O ano de 2015 será marcado por grandes transformações no que se diz respeito ao processo de Incubação de Empreendimentos do projeto INCUPES.

Até agora nós acompanhamos cada processo junto com as participantes do projeto, durante as aulas dos cursos de Corte, Costura e Artesanato e Cuidador de Idosos, ambos com o objetivo de fomentar a aprendizagem e a formação profissional. Foram pouco mais de dois semestres destinados a essa primeira fase.

O curso de Corte, Costura e Artesanato do projeto INCUPES segue com linha de produção em produtos para cozinha, especificamente panos de pratos artesanais. Agora em sua fase final, além das atividades aos sábados, as alunas se preparam para a Feira de Economia Solidária, que acontece em março, onde irão expor uma produção específica para a ocasião, resultado das aulas adquiridas nos últimos meses, encerrando a primeira fase de formação.

As atividades estão divididas entre a costura na máquina e artesanato dando um toque especial nas peças, a produção esta a todo vapor, cada aluna executa a habilidade que mais se identificou durante o curso, durante as tardes dos dias 10, 13, 17 e 21 foram utilizadas técnicas como apliquê, crochê, ponto caseado e vagonite.

Já os participantes de Cuidador de Idosos caminham para a segunda fase do projeto, a Incubação dos Empreendimentos, após receberem os certificados do curso no fim do ano passado, agora é hora de pensar na prática.

Nos primeiros encontros deste ano as participantes se preparam para o mercado de trabalho, através da criação de uma Associação destinada aos cuidadores de idosos, nesse momento as discussões estão centradas em como viabilizar essa proposta,  alguns pontos sobre o início do empreendimento, questões jurídicos e administrativas são debatidas. Também outras decisões acerca dos cargos Associativos, salários, materiais, ética no trabalho… O uso de materiais sustentáveis também é uma proposta, além da escolha do nome da Associação.

 

 

Acompanhe mais novidades sobre esse e outros projetos da Fundação Pedro Américo no nosso blog.

 

Régua Incupes